iinsana #13 | Histórias da Carochinha

Na vida ouvimos muitas histórias, passamos por outras, e as vezes ouvimos histórias de histórias de histórias.
Quando você tem um blog, a tendência é que sempre os leitores apliquem à você - a blogger - aquela vivência, mas nem sempre é assim (ou é?!).

"Joca era um cara da capital. Entendia  um pouco de tudo, e nada de muito. Cresceu vendo muita coisa ruim acontecer em sua casa, talvez nem ele soubesse que aquilo era ruim (descobriria mais tarde, descontaria nas mulheres de sua vida depois).
O tempo passou, Joca cresceu, virou namorador, conquistador e um ordinário nato (a culpa foi dela, a culpa é sempre de alguém quando o assunto é o coração, sempre alguém fode alguém no início da vida amorosa) mas não parecia, e ele conheceu Joana, tão sonhadora, tão apaixonada por ele, e ele?! Nem aí!! Mas lembra, Joca era um sedutor.

Joca e Joana ficaram juntos, ela amando e ele "a" mando. Era futebol, amigos, e como traía. Houveram todos as mulheres possíveis, das desconhecidas, as conhecidas, das amigas, as pessoas do trabalho, e o pior foram as  amigas dela, aquelas que cumprimentavam de dia, e acabavam na cama dele à noite, triste.

Não deu outra, foi tipo Copa do Mundo, e fim.

E eis que Joca conheceu Bia. Eita mulher porreta!!! Essa não estava nem na vibe, nem no momento, e aí Joca que não andava muito acostumado se perdeu, derrapou e acabou amando. Foi intenso, foi louco, Joca se descobriu, se perdeu, e eis que Bia um fim deu.

Joca que não sabia o significado de se conhecer não perdeu tempo, conheceu Maricota. Pobre dela, pensava. Joca nada havia elaborado e já foi logo dizendo que estava enamorado. 
Joca havia era voltado. Namorava, casava e prometia. Era festa, janta, juras de amor ao pé do ouvido e promessas. Mas era o avião levantar voo, e ele se afastar, que as promessas ficavam no solo com ela e ele viajava era caçando nos aplicativos.


Ah Joca!!!"

Quantos "Jocas" não existem por aí?! Caras que pegam a amiga da mulher (e o melhor, elas nem sonham, e ainda seguem dividindo as angustias com as tais "amigas", não sei quem são piores, os caras, ou as ditas, acho bizarro),  caras que são casados, ou estão namorando e estão nos aplicativos (e o mais incrível acham extremamente normal e plausível - porque não?!).


Acredito que cada ser humano tenha o seu tempo,  mas não se dar um mínimo de espaço entre relacionamentos é ferrar consigo e com a próxima pessoa (acredite), é levar coisas (muitas coisas), para alguém que nem sabe de quem você está lembrando.

E sobre trair?! Porque namorar se é para estar caçando em aplicativos de encontro, ou saindo escondido, ou pegando aquela guria que trabalha com a tua guria (existe, acredite). Se você quer passar o rodo, esteja solteiro, e faça isso com dignidade.

 Ok ok, quem nunca traiu que atire a primeira pedra. Você precisa fazer isso em algum momento da vida (de preferência quando você tem entre uns 15 e 20 e poucos anos)  para ver qual é a sensação, você faz isso porque é imaturo e não tem a capacidade de chegar na pessoa com quem  você tem um relacionamento para dizer "olha não tem mais como, acabou", mas daí a você ser casado, ou você estar namorando e iludindo alguém, a troco de que hein?!!!

Joca's (que na boa estão mais para uns Juca's imbecis) estão se proliferando tipo mosquito da dengue, está ficando impossível, e eles estão lascando os caras bacanas 
(sim men's eu sei que vocês que são caras do bem ficam putos com esses babacas).

Olha numa boa, seja menos um Joca Juca!!!! No fundo (e aqui no final dessa história), sou
eu cansada de tanta história, de tanta coisa absurda, de ver tanta gente sendo filha da puta (com mulheres que obviamente nem conheço - e que vai saber né, a próxima pode ser eu ou você).

E fica aqui minha indignação sobre o que vejo dos homens* (de todas as idades, classes, credos, cores, etc) N-A-D-A!! São elogios vazios, papos sem conteúdo, zero de tolerância, zero de comunicação, nenhuma vontade de perceber e entender a outra pessoa, se envolver então?! Hahahahahahaha!!!! Sejamos mais tolerantes uns com os outros e com a gente mesmo,  este é um exercício para a vida (e não só quando o papo é amor).



*Falo dos homens porque não conheço o cenário do lado dos guris. Aceito caras que queiram se expressar nesse sentido. Como as mulheres estão?! O papo é bacana ou fútil?! Elas são casadas e estão usando os App's?! Estão tolerantes ou descartando?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Te expressa aí ...