iinsana #12 | É você mesmo João?!!

Era uma terça-feira e fazia um calor de uns 60º graus em São Paulo. Subimos no terminal Lapa sentido Morro Grande, ônibus lotado, e elas?! Elas nem tchummm!!! Eu?! Vixê!!! Pensa num dia em que tudo deu errado, rodei da Freguesia ao Morumbi, fui da Paulista pra Perdizes, mas no fim tudo acaba bem quando acaba bem, e eu estava era com duas cortinas de 4m e uma varão de 2m dentro de um ônibus lotado às 18h, se eu sou corajosa?! Muito!!! Se o povo é prestativo?! Mais ainda.

Então, vamos ao que interessa. Estavamos todos nós no balanço do busão quando as meninas começaram o papo em alto e bom som. A minha bateria que já tinha acabado me tirou a playlist clássica desses momentos onde eu me teletransporto (nesse caso foi ótimo, porque eu me diverti e voltei a época do ensino médio ... Ok, nem fui tão longe assim!!! Uns 4 meses atrás fofocava assim com a minha curica nos ônibus de Porto Alegre, abafa).

E vem cá "Joãooooo, é você mesmo????!!!!". Então, quem largou essa frase foram duas adolescentes, que estavam váááá papo pra quem quisesse ouvir (e eu estava bem atenta, confesso que tinha horas que nem eu me aguentava e ria). Era um tal de "tu viu que o fulano vai ser pai?", "eu não acredito que tu me fazia ficar na porta da casa dele as 6h da manhã", "gente já faz 10 meses que tu tá namorando, passa rápido né?!", olha saí daquele ônibus íntima das gurias kkkkkkkkkkkkk.

Mas não tem jeito, eu queria mesmo era saber quem era esse tal de João, vou contar a história dele, e da sortuda que ganhou um momento "pedido de namoro todo lindo, maravilhoso desses de youtube que ainda existem graças a Deus", e que eu acho que as gurias estavam era na maior inveja da cidadã que ganhou (mas nenhuma deu o braço a torcer, ambas bancaram as descoladas, no melhor estilo "Deuuuuuuuuuuuuus me livre" - ahammmmm!!!).

João - pelo visto um moleque piranha da ZN que não deveria valer muita coisa - foi fisgado por X que deixou ele de quatro, e aí queridas (os), que "deu onda", o cara fez um caminho de pétalas de rosas da entrada da casa da guria, até o quarto dela, teve balão de coração no teto,música romântica, foto na parede, pétala na cama em formato de coração, aliança, joelho no chão e o tal do (escasso, quase nem se ouve mais falar dele, coisa de gente do século retrasado, o vintage): "namora comigo?!" Adivinha se a pinta não aceitou?!!!!

Minhas best's do ônibus ficaram horrorizadas!!!! Acharam "uóóóóó", que ridículo!!! O João gentchêêê, justo o João!!!! Rolou foto na internet e talz, uma delas ainda largou: "quase que dei print e mandei, João é você mesmo??!".

Caralho porra!!!! Deixa o João ser feliz!!! Deixa o João ser intenso!!! Queria eu ser essa guria do João!!! Claro que eu não ia colar nas gurias do ônibus (que deviam ter metade da minha idade) e dizer, olha coleguinhas em terra de zueira, Happn, Tinder, ex imbecil que se faz de dissimulado, guris imbecis diversos (kkkkkkkk) João é o cara hein!!!! E João é o cara porque fez o que tava afim, tava curtindo a dita guria X, foi lá e quis ser romântico, deixa ele!!!

Porque me interessei na história do João?! Porque estou escrevendo ela?! Primeiro porque tem coisas por aí que me chamam a atenção. Segundo porque já namorei, já noivei, já morei junto e já tive muito imbecil na minha vida (tô bem de saco cheio), e chega uma hora que ou você começa a deixar claro e dá uma de Darwin dos tempos modernos, ou você perde tempo, e na boa não tenho mais paciência pra imbecil (o último me fez perder mais que tempo ... sem comentários).

Só que com o advento dos App's de relacionamento estamos no samba do crioulo doido!!! É papo de 5 minutos, beijo na boca, sexo, putaria, pegação, você vira um número na rede social, umas curtidas e nexxxxxxxxxxxxxxxxt!!! Ahhhh na boa véééééi, sefudê!!!!! Não tenho estrutura física,emocional, psicológica e Deus não me deu a porra da paciência pra aturar essa merda toda!!!!  Eu fiquei sem essas porcaria por um tempo, voltei e quer saber, estava melhor sem (meu pai que diz "é só excluir!!!" Sábio ele kkkkkkkkkk).

Só quero registrar que olha João, na boa véééio, nem sei quem tu é, mas é isso aí!!! Faz mesmo, e foda-se os outros!!! O lance é ser intenso e admiro gente assim (sou dessas). Se eu tiver que casar em um mês, vambora (até porque se tiver que dar muito certo, ou muito errado vai dar em algum momento, que seja agora). Sejamos mais João!!! Sejamos mais essas gurias do ônibus que estavam lá vivendo e nem tchumm, sejamos mais euzinha, que estava lá também né gentchê me virando como posso, enfim!!! Que não nos falte amor, e que se ano acabe logo, por favor!!!!

2 comentários:

  1. O tanto que por amor sofremos vem do ser tão pouco o que sobre amar sabemos.
    GK

    ResponderExcluir
  2. Gugu, já li, li novamente e ainda estou pensando sobre tua frase kkkkkkkk
    Ah amor!!! Ah o ser amado ... Abs

    ResponderExcluir

Te expressa aí ...